28.3.12

Falsos Piratas

Falsos Piratas

Até ontem, tinha gente que volta e meia falava mal do big brother, hoje não mais.

As peças do xadrez se movem, conforme a posição de xeque-rei, e nem sempre o peão se sobresai sobre as peças
nobres desse nobre jogo.

Até ontem, tinha gente que era contra o padrão global, mas hoje parece, que se adaptar, é melhor que ser contra ( se não pode com eles, junte-se a eles).

O navio se move sobre as águas do oceano, a procura de prazer para seus tripulantes, cruzeiros caríssimos cruzam as águas do atlântico ou do pacífico, ai depende pra onde é o destino, mas pra quem tem grana isso é o que menos importa.

Até ontem tinha gente que era contra o modo pacífico com que as pessoas tratavam assuntos delicados, hoje já não vejo mais tantos assim, é melhor dar a coroa de rainha dos baixinhos a ex-atriz pornô, do que reconhecer a luta de quem não tem nem pra si, mas resolve dividir, pra ver amenizar o sofrimento alheio.

A como eu amo esse jogo, o xadrez me faz lembrar da queda de reis e rainhas que já imperaram poderosos impérios, eu só não acredito na história de que o peão desfechou o golpe final, ouvi dizer que muitos deles morreram na sala de tortura.

Até ontem tinha gente que me fazia acreditar em revolução, eu era tolo demais pra discenir a precisão da execução, talvez por isso demorou pra me cair a ficha, que no mundo, o que vale mesmo, é a estabilidade.

Mamãe, você dificilmente vai me ver formado, mas prometo que antes do próximo verão, eu consigo mudar alguma coisa, na minha vida que anda menos vazia que antes, o brilho dos olhos do pequeno, me fez crer na paz no mundo, no meu mundo interior.

Cruzeiros, cruzeiros marítimos, deve ser massa mesmo participar de um desses, garçons preparados para atender clientes
exigentes, gente de toda parte por toda parte, eu deitado e o sol me dourando a pele, a piscina bem ao lado, e a água salgada do mar saldando todos nós, a noite vai ter show do rei, o rei da música, lembrei do que um colega meu me disse: “ se ele fosse disciplinado, ele sim seria rei, impossível esquecer seu verso: “ Não quero dinheiro, eu só quero amar”.

Até ontem tinha gente que berrava nos palcos do mundo, que era anti-drogas, putz, vocês falharam, eu sei que vocês depois dos discursos calarosos, cheiravam suas farinhas nos camarins e fumavam suas maconhas por ai. Não sou contra a danada da maconha, mas por quê não exaltou a erva, ao invés de fazer discurso fútil e vazio que o fazia mentir para si mesmo. VOCÊS FALHARAM! Estou com um cigarro na mão e um copo de cerveja na outra, ah! E sou homem o suficiente para assumir isso. Talvez não homem o suficiente para promover a falsa revolução que vocês um dia me fizeram acreditar.

Xadrez! Amo tanto esse jogo. Lembro Marcos, que eu e você jogamos uma partida durante toda a noite de natal, quando bebo me concentro mais, ou desconcentro de vez, é sempre assim meu irmão . Você não conseguiu me dar xeque-mate, e como era mais apaixonado do que eu pelo jogo dos nobres, deve ter ficado um pouco brabo hahaha.

Até ontem meu irmão, tinha gente que nos fazia acreditar em hierarquia profissional, que piada é essa, as pretenções gananciosas grotescas, estão acima de qualquer sabedoria, você sabe que o que eu falo é verdade, eu mesmo para conseguir algo, tive que muitas vezes me fazer de bobo perante o sistema, é aquela história: “se fazer de bobo, para melhor se passar”.

Piratas, esses sim são livres, olham pela luneta a procura de basbaques e gringos otários com pertences para se roubar, sim, eles são capitalistas, mas não capitalizaram o suficiente para conter a coragem de um pirata vagabundo, que vaga pelas águas do oceano, e temo que o show do rei possa ser cancelado, se eles resolverem invadir aquele navio que está logo a vista...

Até ontem aquelas mulheres fingidas, nos fazia acreditar em direitos iguais, forçando seus homens a lhes tratarem como iguarias. Mas que bobagem é essa, tão suficientemente inteligente, e elevando o machismo ao seu mais alto pedestal, quanta bobagem, de achar que antigamente havia respeito, sendo que mulheres em sua maioria eram submissas aos seus homens, e muitas deles sentiam honra e orgulho nisso. Quanta lorota já me contaram sobre isso, sobre fazer a corte, desfazer a corte, enquanto isso muitas negras foram violentadas e tiveram suas vidas distruídas.

Mano faz o seguinte, guarda essas peças, não esquece de guardar o rei, a rainha, os bispos, os cavalos, as torres e os peões, e explica pra cada um deles que as regras do jogo mudaram pra todos. Já não se é mais toleravel ser apenas rotineiro, tem que mudar as peças de lugar, e fazer um novo jogo, um jogo que se enquadre, nos padrões mais podres e sujos, dessa maquiada, camuflada e covarde burguesia.

Até ontem meu irmão, eu e você brincava no quintal, eu implorando pra você jogar bola comigo, eu adorava e ainda adoro futebol, mesmo sendo ruim de bola, só que não entendia, que tudo o que eu via, tinha um fundamento essencial, e que cada peça daquele jogo, tinha um interesse em mente, e quase ( se não sempre) seu interesse era esse dinheiro sujo de negociatas e esquemas. Meu irmão, eles já não se importam, que quem costuram os tenis nike são crianças e escravos, eles querem é calçar suas chuteiras e jogar. Eles também não tem obrigação de se importar, já que ninguém se importa. Nem mesmo você, quando quis aquele tênis caro, mas eu te entendo bem, apenas quis um tênis. Eu te entendo meu irmão, só não quero tentar entender, o modo de se adaptar a certas coisas e opiniões, admiro os que evoluiram meu irmão, mas dificilmente entenderei certas coisa, você me entende?

Esses piratas são tão engraçados, saquearam vários navios, esconderam suas cargas, e agoram bebem seus runs, eles comemoram não ter com o que se preocupar, apenas vivem velejando e saqueando. Eles só esqueceram de uma coisa, de saquear o navio do Rei.

Renato Vital é escritor, poeta e mc do grupo Fato Realista.

twitter: @renatovital
facebook: renatovital2
email: renatovital2@yahoo.com.br

Um comentário:

Germano Gonçalves disse...

É mesmo caro poeta a vida não é um jogo, mas pode ser uma partida muito interessante se soubermos jogar com as peças certas, valeu!