19.3.07

PORCOS DE CINZA


E de repente surgem os porcos de farda cinza....
Com orgulho lhes apresento...

MALDITA POLICIA

Sobe a viatura no morro
Vai subir mais uma vítima
Maldita polícia
Mãos ao alto criancinha
Deixa eu ver o que tem dentro da mochilinha
Se não vai tomar uma borrachadinha
Maldita Polícia
Nos seus blindados, vivem fazendo vítimas
Na amargura da periferia
Na precariedade de nossas vidas
Maldita Polícia
Jogando flagrante no bolso
E metendo os irmãos na grade
Se alegram comratos ou urubus na carniça
Maldita Polícia
Vigiando os trabalhadores voltarem do trabalho
E amaçando a suas marmitas
Como olhares de arma química
Maldita Polícia
Doida pra encontrar alguém com droga
E pedir propina
Maldita Polícia
Cheirando cocaína
Na virilha de vadias
Maldita Polícia
Humilhando o neguinho
Que tava voltando da escola
E cruzando a esquina
Maldita Polícia
Fazendo o terror
Será sempre a mílicia
Maldita Polícia
A serviço da elite facista
Ou do porco malufista nazista
Maldita Polícia
A encarar eu e outros manos trabalhadores
Em frente ao mercado sentados
Comendo Esfiha
Maldita Polícia
Chegando na espreita
pra ver se tem ladrão
dentro da Cooperifa
Maldita Polícia
Por isso eu Vital digo
Maldita seja essa Maldita Polícia!!!!!!!!!

Sem medo de fazer Justiça Renato Vital mais um Guerreiro do Rap!

Um comentário:

PRETTO disse...

salve renato aqui é o Pretto, canto rap gospel mano, sou aqui de perto da favela azul, parabéns pelo trabalho e continue fazendo o que vc acredita, desejo vitórias em sua caminhada, que Jesus te abençoe, qualquer coisa liga nóis paz.

www.bandasdegaragem.com.br/pretto